15 jun 2017

E assim, foi!

19146122_1598186426892368_3099562233616322003_nSempre te via, te notava e te observava.

Eu, como uma pessoa tímida, nunca demonstrava.

Te achava interessante, sempre fazendo graça e mega animado.

Não tinha ideia do quão popular é.

Aí um certo dia, na barra de “Pessoas que você talvez conheça” você apareceu para mim, resolvi te adicionar, pois como uma stalker nata, gosto de ver o que as pessoas compartilham.

Logo você veio falar comigo, e ai te achei super engraçado e legal, como estava em uma fase da vida onde me permiti conhecer pessoas, resolvi aceitar sair com você.

Logo descobri várias coisas sobre você que me fizeram repensar, pessoas falaram coisas boas e ruins, mas fiz da informação o que eu achei melhor.

Resolvi que queria sim te conhecer, pois as pessoas mudam todos os dias, e eu não sou a mesma pessoa de 2 anos atrás.

Achei que seria legal te dar uma chance de me mostrar como você realmente é.

Sai com você, fiquei bêbada e não soube discernir se foi bom ou ruim.

Logo, marcamos de ir tomar um açaí e conversar, ficamos e assim foi, um dia aqui, um dia acolá!

Até que veio a primeira chateação, e eu consegui lidar até que bem com ela, apesar de não conseguir esquecer.

Logo vieram outras, com cobranças e tristezas.

Achamos melhor cada um seguir seu caminho.

Logo, a saudade bateu e voltamos a conversar, mesmo depois de tudo o que aconteceu, de todo o burburinho que se formou entre nós, resolvi te dar mais uma chance.

Ficamos, porém mais uma pisada de bola veio a tona.

Dessa vez achei que era demais para mim, fiquei em choque com o que aconteceu e resolvi que eu não deveria mais passar por isso.

E ai se passou, um, dois, três meses e eu não consegui superar, não sei o que me prende a você, mas sei que dói.

Comecei a sonhar com você e ai voltamos a nos falar novamente, pedidos de desculpas apareceram junto com um pedido de uma chance de fazer diferente.

Eu, como uma romântica sonhadora, resolvi que, daria essa nova chance, mas não falei, queria ver quais as atitudes que você teria até então.

Combinamos de ir em um show, comprei os ingressos, fiquei animada e pensei que seria diferente.

Pois bem, tudo o que eu acreditei foi por água abaixo, como a cachoeira de um rio depois de uma chuva de verão, rápido e de uma vez só.

Uma coisa que eu aprendi, são que, atitudes valem mais do que palavras, e a sua comigo foi dolorida demais.

Quando vi você beijando outra pessoa no mesmo local que eu estava, eu senti minhas pernas tremerem, senti que, por mais que eu quisesse, por mais que eu tentasse, nunca seria diferente.

Que tudo o que você me disse, foi da boca pra fora, todas as palavras que eu li eram falsas.

Aquilo me doeu, me trouxe para a realidade da vida em menos de 3 segundos, não aguentei ver aquela cena e fui embora do local.

Bloqueei você em todas as minhas redes sociais, porque não aguentaria ver você falando sobre amor, sobre bad ou sobre qualquer coisa que envolvesse relacionamento.

Não aguentaria receber uma mensagem sua de bom dia ou rir de qualquer brincadeira que você fizesse.

Não aguento, pois gosto de você, é triste para mim viver em um mundo onde pessoas falam uma coisa e agem diferente, é triste eu saber que, provavelmente eu perdoe para sofrer mais.

Meu coração não aguenta tanta indiferença.

Não consigo conversar com uma pessoa sem confiar no que ela fala, sou muito verdadeira em tudo, e isso às vezes machuca as pessoas, mas, eu prefiro ser assim, uma pessoa de poucos amigos, poucas conversas, mas verdadeira com todos.

Um término triste, porém necessário.

Porém, agora terei que lidar com a sua presença em muitos lugares, pois gostamos dos mesmos locais, das mesmas músicas e temos amigos em comum.

Não sei como vou reagir a isso, mas sei que, o melhor para mim no momento é manter distância.

06 abr 2017

Muito brilho, muito amor!

a2b11045136c04278e221db55e2ee321E o outono chegou, e com ele vieram as novas meias calça, com muito brilho!

Depois das meias estampadas, coloridas e temáticas, chegou a hora do brilho tomar conta dos dias cinza.

Aqui no Brasil eu ainda não encontrei para vender, porém pra quem tem paciência para esperar, no Aliexpress tem muitos modelos e cores disponíveis.47fda69e-3994-4fe8-9901-bac8c3c5ba96Existem modelos transparentes, fio 80, canelados, para todos os gostos! 2c610d17-5803-4e8b-9ad0-24511b1b28492017-chegada-nova-summer-doce-cor-de-strass-espumante-meia-cal&ccedilEu, uma amante do estilo boneca, sou apaixonada pelas transparentes e opacas, mas pra quem gosta do estilo mais dark, tem várias opções também.1d84c0d916b19fb94fcda763f9018c38Meia arrastão também está super em alta, agora é só unir o brilho e a graça toma conta! Designer-de-moda-8D-Fina-Diamond-Drilling-Rhinestone-Meias-Cal&ccedil Eu estou simplesmente apaixonada pelos modelos e cores, já quero todas! Rhinestone-Thin-vertical-stripes-Stockings-font-b-legs-b-font-font-b-Pantyhose-b-font-renderjchhxw1413798021898c555edb6780b7d4f252d9e57be80e80f E aí?

Quem vai aderir as meias brilhantes?

Eu, com certeza vou!

Espero que tenham gostado do post!

Bjinhosss!

17 dez 2016

Pensamentos: Nunca perca sua essência!

lsllsSempre escutei aquela frase clichê: Só se pode amar o outro quando aprende a amar a si mesmo.

Mas o engraçado é que eu sempre escutava isso de quem estava um relacionamento amoroso.

Pois bem, fiquei por anos em um relacionamento e quando me vi sozinha pude descobrir se isso realmente é verdade.

No começo foi bem difícil estar sozinha, a gente fica olhando ao redor esperando um “alguém” aparecer, só que com o tempo você descobre que isso é apenas carência e que você só estava acostumada a ter uma pessoa ao seu lado.

Depois de 8 meses solteira, posso dizer que estou descobrindo muitas coisas sobre mim que eu nunca tinha parado para prestar atenção.

Ficar o dia todo em casa, fazendo maratona de Netflix sem ninguém reclamar dos filmes que eu gosto, é mágico!

Sair sem dar satisfação, sem ter hora para voltar e poder conversar com quem eu quiser, também esta sendo muito maravilhoso.

Aprendi a curtir minha própria companhia, se antes eu não ia correr sozinha, hoje eu consigo ir para uma balada sozinha e da tudo certo!

Fiz muitas amizades, conheci muitas pessoas legais e também muita gente doida nesses últimos meses, mas a cada dia que passa eu vejo que eu precisava desse tempo só para mim e que foi uma ótima escolha ter ficado sozinha.

Estou aprendendo cada vez mais a ser sozinha, estou voltando a dirigir, comecei a fazer Yoga, estou aprendendo a beber com moderação, estou me olhando mais no espelho e gostando mais de mim.

Se antes eu era criticada pelas roupas e penteados que eu usava, hoje eu sou elogiada e isso é maravilhoso!

Não culpo quem critica, eu entendo que não é algo “comum” na sociedade, mas ser elogiada pelo que eu sou, é gratificante.

Fiquei muito mais próxima dos meus amigos, tanto os amigos do rolê quanto os da faculdade.

Conheci baladas diferentes, me assustei e, algumas amei!

Muitas amigas começaram a namorar e ao mesmo tempo algumas ficaram solteiras, e é divertido ver o começo de um namoro, eu acho lindo!

Mas o problema de gostar da própria companhia é que você também se acostuma com ela, e ai meu caro, a preguiça de conhecer pessoas e entrar em relacionamentos vem a tona.

Sou uma pessoa um pouco antissocial, e só de pensar que se eu começar a me relacionar com alguém, junto virá a amizade com os amigos dele (que eu posso gostar ou não), convívio com uma família diferente, algumas exigências e regras que sendo solteira, não preciso seguir.

É bem individualista da minha parte pensar assim, mas é que no momento eu estou curtindo muito a minha companhia, e a carência?

Estou conseguindo suprir de outras maneiras.

Uma das coisas que tive que aprender sobre, foi a cultura do “ficar”.

Respeito quem gosta, acho o máximo a pessoa conseguir beijar uma pessoa sem gostar dela.

Porém, eu não consigo nem conversar direito com uma pessoa que não conheço, imagina dar uns beijos heheh.

Gosto de sair, dançar, beber, passar vergonha e voltar pra casa com a consciência limpa.

Porém, as pessoas a minha volta ainda se assustam com esse “meu jeito”.

Algumas tentam entender, outras tentam me convencer do contrário.

Porém uma frase que eu sempre levo a sério é: “Nunca perca a sua essência”.

Isso é muito importante!

Espero que tenham gostado!

Bjinhosss!