17 ago 2015

Nunca se é velho demais para a criatividade: ADVANCED STYLE- Documentário

advanced style 00

Eu tiro fotos de mulheres estilosas em Nova York. Posso tirar uma foto sua? Você está incrível.

Assim começa o documentário disponível no Netflix, Advanced  Style (Estilo avançado). No primeiro momento, antes da mulher se virar, o que dá para se imaginar? Uma it-girl? Uma mulher jovem e despreocupada?  Nah. Uma senhora JOVEM e despreocupada. Porque juventude está muito além da idade, é sim um estado de espírito, e não questão de números. Embora o fotógrafo e blogueiro americano responsável pelo documentário, Ari Seth Cohen, só registre mulheres a partir dos 50 anos de idade.

Ari Seth Cohen

Ari Seth Cohen

Essa ideia de captar o estilo singular e impactante de uma dezena de mulheres muito mais velhas e fora do comum, no âmbito da moda, surgiu, segundo o próprio Ari, “[…]pelo desejo de mostrar às pessoas que envelhecer pode ser algo maravilhoso e que você se vestir e se sentir bem independente da idade”

#ficaadica

#ficaadica

Minhas avós eram minhas melhores amigas e uma delas me falou – Para ser criativo, precisa se mudar para Nova York! 

NY é a cidade perfeita para as madames do Advanced Style, porque elas podem usar as amplas avenidas e ruas como passarelas.”

O fato é que essas mulheres mudam mesmo nossa concepção de envelhecimento. Afinal, elas aceitam sua idade sem neuras, sentindo-se bem consigo mesmas ainda que por muitos sejam vistas apenas como vovozinhas piradas.

advanced style 12

Iris Apfel, já citada num post anterior pela Priscilla, se tornou um ícone, e embora sua participação no documentário seja pequena, é suficiente para nos fazer refletir sobre o ontem, o hoje e o que virá amanhã se certas atitudes não forem tomadas.

A mulher comum é tão criticada, doutrinada e controlada, em todo lugar que ela olha há fotos de jovens fofinhas com 12 anos e meio, vestindo roupas maravilhosas e muita maquiagem e tudo mais. Como alguém pode parecer isso?”

Iris Apfel

Iris Apfel

E não é exatamente isso, essa ideia de beleza impossível que nos é enfiado goela a baixo pela mídia em geral? Revistas, comerciais , novelas, filmes, músicas, dentre outros, impõe um padrão que nunca será alcançado.

Diva Burlesca

Diva Burlesca

Sou uma artista, e minha arte é vestir”

Uma das 6 personagens estudadas, diz que seu estilo é tão, mas tããõ elaborado, que pode levar cerca de sete anos para montar um look, ou visual, como ela descreve. A atitude dela só mostra que as roupas e demais elementos que a compõem, carregam grande significado para ela.  Se ela gostou de um brinco mas não tem a roupa ideal para usá-lo, ela aguarda essa roupa surgir e só então estará preparada para inaugurá-lo nas ruas. “[…]Eu faço um retrato com roupas. Com joias, chapéus, broches, você sabe…Tudo completa o retrato. Eu levo para o extremo. Muitas pessoas não. Elas estão ocupadas vivendo suas vidas, fazendo coisas, mas esta é minha arte, minha vida, minha paixão, é para isso que eu vivo

Detalhe: os cílios dela foram feitos com o próprio cabelo e por ela mesma!

Detalhe: os cílios dela foram feitos com o próprio cabelo

“Eu nunca quis parecer jovem, eu queria parecer linda”.

“Minha filosofia não é uma questão de moda, é o pensamento de que o estilo é uma forma de cura, porque é uma questão de criatividade pessoal. Considero meu corpo uma moldurada e construo sobre ele..Usando texturas, camadas e cores.”

advanced style 08

..Ela parecia um palhaço para mim, então parei de sair com ela durante anos”.

Diz o homem da imagem abaixo que após ter se acostumado com o estilo dela e perceber que o modo de vestir nada mais é que uma forma de expressar a personalidade eufórica e única dela que de início tanto o atraiu, hoje, são casados há anos.

advance style vida intima

Aí você, que se identificou, que não curte andar na linha, pensa e age constantemente fora da caixinha…Quantas pessoas já não deixaram de se aproximar de você por sua peculiaridade?  É deprimente pensar que as pessoas se sentem mais confortáveis seguindo um padrão, todo mundo igual, quase uniformizados, do que cada um procurando explorar sua criatividade e personalidade nessa linguagem visual tão gostosa que são as roupas.

Todo mundo igual

Todo mundo igual

No fim, o documentário vai além do visual dessas mulheres, ele passa por suas vidas, expondo as conquistas, derrotas, superações, incertezas e gratidão de todas as envolvidas.  Algumas são mais reservadas, outras espalhafatosas. Mas todas, sem exceção, merecem atenção especial durante todo o documentário e fora dele também! Pois para quem se interessou, basta acompanhar o blog do Ari além de seu instagram! (:

advanced style 09

Sobre consumo desfreado e tendências

advanced style 05 advanced style 07

advanced style 11O blog é abastecido com novas fotografias constantemente e vídeos,também, que não se prendem apenas ao estilo feminino!:

http://advancedstyle.blogspot.com.br/

G63A4582 copy G63A5407G63A4141G63A4104 G63A2657 copy File212 G63A2586 2

” A roupa que você escolhe afeta muitas coisas. Você não apenas se sente bem, mas conhece várias pessoas que a amam por causa dela.

Você nunca é velho demais para brincar com as cores ou ser criativo! 

(Advanced Style) “

<3

<3

Aproveitem a semana 😉

 

07 jul 2015

Bonecas – Espelho Fashion?

Um assunto que me recorreu nos últimos meses e se mostrou além de atual, em constante mudança, são bonecas. Mas longe de ser um post dedicado à fofura em excesso ou ao universo infantil, este é um post reflexivo afinal, bonecas podem ou não estabelecer na cabeça das crianças e futuramente em nós, adultos, certos padrões a serem seguidos; o odiado, padrão de beleza?

Editorial VOGUE Francesa

Editorial VOGUE Francesa

Afinal, não é novidade para ninguém que a boneca mais famosa do mundo, a Barbie, impõe um corpo impossível; muito magro, com tronco enorme e terrivelmente desproporcional aliado a seios idem, pés inclinados e minúsculos que exigem o uso do salto alto e muita maquiagem. Em padrões reais, um combo de cirurgias plásticas haveria de serem feitas para obter tal resultado. 

Barbies

Barbies

Artificiais em excesso, outra boneca muito famosa, a Bratz, cultua lábios extra carnudos, maquiagem carregadíssima, cinturinha de formiga e um quê sexual. Nunca fui fã delas, e quando apareceu uma na minha cama (presente de mãe) fantasiada de sei-la-que-bicho-fantasia-sexual-era-aquela, eu enfartei. Hugh Hefner, fundador da Playboy, mandou um joinha. 😉

Bratz

bratz-dolls-sm2501

Make up

Fora que as bonecas comumente vendidas costumam explorar estórias improváveis; vamos todas sermos princesas ou astronautas porquê o mundo é cor-de-rosa. FIM. Não, o mundo não é nem de longe PINK. Tarefas comuns, profissões que estejam ao alcance de todas, um estilo de vida racional e menos superficial; é disso que as crianças precisam na hora de brincar ou até mesmo se espelhar num brinquedo.  

Mas como contornar tudo isso? Com criatividade e inclusão! As Monster High promovem a aceitação do diferente por serem monstros, isso mesmo, mostrengas que fogem do físico perfeito. Elas são verdes, azuis, vermelhas, cor-de-rosa, têm garras, rabo, presas, cabelos multicoloridos, roupas extravagantes e cheias de personalidade e acima de tudo..São únicas. Singulares, nenhuma se espelha na outra, cada uma tem sua personalidade como personagem e esteticamente falando. Então, não tem problema se você não tem um braço ou nem uma cabeça (!!!), você é legal mesmo assim. Promove a boneca.  

pTRU1-19290799enh-z6

Monster High – Londres

Pausa dramática para a riqueza de detalhes do namorado dela "...." Pronto, podem voltar a respirar agora.

Pausa dramática para a riqueza de detalhes do namorado dela “….” Pronto, podem voltar a respirar agora.

Mas partindo pro lado mais real da coisa, antes da indústria de brinquedos despertar, foram os pais e irmãos que assim como minha visão, acharam preocupante essa massificação de características impossíveis num brinquedo infantil. Eles então tomaram uma atitude.

LAMMILY, guarde bem esse nome. Ela tem peso comum e barriguinha levemente saltada, isto é, reflete o corpo de mais da metade das mulheres norte americanas. Ela tem problemas como qualquer outra mulher: celulite(!!), espinhas, picadas de mosquito, cicatrizes, gesso quando quebra um braço ou perna, e é baixinha além de ter praticas comuns como ir a academia, ao supermercado, e levar o cachorro para passear. Suas roupas são dignas de qualquer mortal; jeans, camisa xadrez, sapatilha, tênis, regatinha, vestido tubinho, sapato de salto alto médio e por aí vai. Fácil se identificar, né? Ninguém é perfeita e não há nada de errado nisso! Faz alusão a boneca.

Lammily

Diferença corporal Lammily  e Barbie

Diferença corporal Lammily e Barbie

Rainhas da África –Um tio preocupado com o futuro das meninas de seu país, abriu uma empresa de bonecas na Nigéria, tudo porque ao comprar uma boneca para sua sobrinha ele percebeu que todas não eram em nada parecidas com as mulheres do país- eram bonecas brancas que seguiam padrão europeu- e não negras com características nativas. A solução? Aliar muita cultura com vestes típicas da região além da estética predominante do país e inspiração nas mulheres mais importantes da história africana. Essas bonecas estão inclusive, batendo vendas em relação à Barbie.

Bonecas- Rainhas da África

Bonecas- Rainhas da África

Bonecas naturalmente perfeitas – Uma mãe, após ouvir questionamentos da filha sobre o próprio tom de pele baseado no que seu brinquedo favorito era: cabelos lisos e longos ao invés do encaracolado, pele branca à negra e demais características que confundiam a menina, criou uma boneca inspirada nas características naturais e perfeita da própria filha. Uma boneca baseada na aceitação social cujos cabelos naturais podem ser levados, escovados e feitos diversos penteados.

Naturally Perfect Doll- Angelica

Naturally Perfect Doll- Angelica

MAKIES – Bonecas com deficiência, por que não? Acessórios imprescindíveis para muitos como: aparelho auditivo, óculos, bengala ou até uma característica que se carrega desde o momento do nascimento como uma mancha, são adquiridos por essas bonecas fofas, inclusivas e conscientes. O próximo item a ser lançado será uma cadeira de rodas.

Makies-Bonecas com deficiência

Makies-Bonecas com deficiência

LottieSua proporção foi pensada por especialistas em nutrição para refletir uma menina de 9 anos de idade. Não bastasse isso, suas roupas totalmente infantis e rostinho meigo e natural, parece ser a grande alternativa como referência saudável às crianças. Ainda não convencido?

Lottie

Lottie

Veja bem a diferença proposta pela artista australiana Sonia Singh ao demonstrar como seria uma Bratz livre de tantos artifícios para se parecer mais como seu público; uma criança. O projeto se chama Tree Change Dolls.

bratz-real2

Antes e Depois

bratz-real15

A artista ainda cria roupinhas feitas totalmente a mão para as bonecas

É isso. Espero sinceramente ver muito mais dessa revolução nos brinquedos para que eles se aproximem do universo extra criativo infantil da maior forma saudável possível.

Créditos: Hypeness e Tumblr

08 abr 2015

Vela & Revela – A inovação na transparência do vestir

Navegando pelo instagram de marcas e pessoinhas cheias de estilo, fui percebendo uma nova forma de usar a mais pautada tendência atual: a transparência. Lembram do “Boom!” de blusinhas e vestidos que deixavam o colo à mostra numa espécie de ilusão de ótica, como se a parte da cima parecesse um tomara que caia? Então, essa transparência sútil evoluiu e deu uma descidinha para baixo, beem em baixo; mais precisamente tomando lugar das saias!

E o interessante nisso tudo é a junção de saia comum com saia de tule, ou seja, uma saia sobre outra saia. De primeira as passarelas sugeriram essa tendência através das hot pants, mas como um viral em constante evolução, marcas de lojas chinesas e gringas em geral aderiram um modo ainda mais divertido e ousado de aderir essa segunda saia: sobreposição. São saias bufantes com texturas que conversam com a saia de baixo, ou ainda que ofuscam a de baixo e a deixam realmente como peça de segundo plano.

O que me animou nisso tudo é que diferente das blusinhas e vestidos com transparência no colo (imagem abaixo) que viraram uma febre sem tamanho com o estopim de Bruna Marquezine usando essa blusa e dando passagem para as marcas investirem em modelos semelhantes; esse tipo de transparência da blusa, a meu ver, não consegue transitar tão bem entre um estilo e outro, quanto a saia com transparência que vai do Girlie extra feminino, ao alternativo fun, dia-a-dia com uma saia preta ampla lisa, festas e até mesmo em vestidos de noiva!  A pluralidade que essa tendência linda que eu mesma pretendo adotar (*¬*) garante ao look, é incrível pelo fato de ser tão simples mas dar uma cara nova ao visual como um todo.

Estopim para a chegada de blusinhas e vestidos com transparência no colo e ombros

 

E para confirmar a vinda dessa “sobre-saia” aqui no Brasil, eu constei no desfile da marca DIVA, que eu, Priscilla e Gabrielly assistimos no Chilli Beans Fashion Cruise, que ela tem tudo para dar certo.  Abaixo, imagens do desfile que simulava um casório de fato.

Desfile DIVA- Madrinhas

 

Desfile DIVA- Noiva chegando com sua cauda transparente e hot pants

 

Dúvidas e sugestões comentem aqui ou me enviem via e-mail:  jessicavqueiroga@outlook.com

Grata pela visita!

Última