29 abr 2015

MODA & Literatura- Dica de livros

Apenas aproveitando que o blog está de visual novo e entrando nesse clima contagioso de novidades e coisas boas para falar de algo que eu amo e confesso claramente o meu vício: Livros. No caso de livros de moda, só não tenho a estante cheia – como é o caso dos meus livros de terror, hehe- porque livros do segmento de moda são MUITO caros.. Pois é, um absurdo né? Só penso que ainda mais para estudantes da área, deveria de haver um facilitador para o consumo dessas belezinhas em nossa vida, porque vou te contar..É necessário praticamente fazer um orçamento (!!!) dos livros desejo do mês/ano. E esse ano em especial, está havendo um lançamento maravilhoso atrás do outro. Aí fica difícil conciliar literatura, doces (2º vício), e tecidos (3º recente vício) nessa vida de estudante-estagiária de moda D:

Enfim, com esse post tenho o pretexto de apresentar os livros que possuo e que pasmem, Priscilla também tem alguns HAUAHAUAHAU Sério, quando uma das duas inventa de comprar livro de moda, comunica a outra para saber se quer um igual e aí racharmos o frete hehe

O primeiro livro que recomendo principalmente para pesquisas de moda seja para um trabalho de faculdade digno (ctrl c + ctrl v,nunca mais!) com informações válidas e leitura gostosa além de ricamente ilustrado, é o “Última moda- Uma história ilustrado do belo e do bizarro- Autora: Cox Jones Stafford; editora: PUBLIFOLHA.
Ele é tão bom que quando não tenho absolutamente nada para fazer, eu me pego devorando ele e fazendo anotações. Vale totalmente o investimento.últimaModacapitulo livro ultima modaAí temos um trio, que na verdade está incompleto pois são 5 livros que compõem uma coleção de livrinhos discutem os principais ícones de toda uma década que influenciaram e ainda inspiram, o mundo da moda. Mas por enquanto, só tenho propositalmente, os das minhas décadas preferidas: 1960, 1980 e 1990. Possuí uma linguagem bastante direta e objetiva, uma só página já é suficiente para entender todo o contexto do que é apresentado. É um daqueles livros de consulta rápida, só para você se inteirar no assunto, sabe? O precinho é bom! E quando entra em promoção, aí que eu levo dois de uma só vez ;D42202944 (1)pag livro 6042744504pag livro 8042744503pag livro 90Um grande (literalmente :P) presente que ganhei de aniversário. E para quem adora imagens/ilustrações, é um banquete e tanto! Há apenas pequenos parágrafos que ilustram a história da moda dos anos de 1901 à 1960, pois é, não há referências às décadas de 70,80,90 e tão pouco 00’s , maaas, é perfeito se quiser inspiração para criações baseadas na história da moda, pois as imagens/ilustrações são perfeitas.capa-100-anos-de-moda-lomb11pag livro 100 anos de modaComprei no impulso, admito. Mas é bom, viu? O fato é que não curto muito desenhar, aí ele fica guardadinho, quase intacto na minha instante, o coitado. Mas como é recomendado por muitos profissionais da área, ele está na lista. O legal desse livro de Ilustração de moda é que ele sai do lugar comum ao expor o lado de próprios ilustradores atuantes na área! Ele faz uma pequena entrevista a fim de conhecermos o trabalho desses ilustradores, dicas, técnicas de ilustração, materiais e muito mais, tudo de um jeitinho descomplicado e profissional. FASHION ILLUSTRATOR- Manual do ilustrador de moda 2ª edição revista e ampliada- Autor: Bethan Morris  Editora: Cosacnaify7140532G1pag livro fashion ilustratorEsta aí um livro que eu leio e releio constantemente pelo simples fato dele estar sempre por dentro da atualidade. Ele aborda moda, sociologia, antropologia, psicologia e até um pouco de marketing sem ser uma leitura pesada. VÍTIMAS DA MODA? Como a criamos, por que a seguimos. Autor: Guillaume Erner Editora: Senac São Paulo.5488136g1pag livro vitimas da modaTentei e tentei me enveredar por essa áreas mas realmente..Não dá. Não sirvo para ficar analisando o estilo pessoal alheio e ficar dando pitaco! Eu simplesmente..Travo. Minha mente dá um branco horroroso e eu esqueço tudo o que aprendi a respeito de silhueta, estampas e padronagens, cores e tudo o mais que envolva o universo do Consultor de Imagem e inclusive do Personal Stylist! O livro é de leitura fácil e objetiva, tem ilustrações, mas que julgo não ajudarem em nada nas explicações. PERSONAL STYLIST- Guia para consultores de imagem. Autora: Titta Aguiar. Editora: Senac São Paulo21575153_4pag livro stlistFaz parte de uma coleção, mas como apenas esta belezinha entrou em promoção num preço amigo, só tenho ele mesmo. É maravilhosamente rico em imagens, com muitos editoriais , desfiles e imagens do próprio estilista que ilustram o que é apresentado em cada capítulo.  Universo da moda- THIERRY MUGLER Autor: François Baudot Editora:Cosac & Naify10092gpagina livro muglerÉ isso. Espero que tenham aproveitado e já feito a listinha de livros-desejo porque vale totalmente o investimento afinal, livros & conhecimento, são para sempre. sz

29 jan 2015

Penas & Plumas – Tendência 2015

        A relação com pele ou penas dos animais entre os humanos não é de hoje. Se por um lado a principio eram usadas para proteção contra o clima e superfícies que poderiam oferecer risco a saúde humana e até mesmo para passar a mensagem de força do seu portador, afinal, nenhum fraco poderia matar com as próprias mãos um guepardo e sair exibindo nas costas, o manto sem se vangloriar por isso. Hoje, o uso de peles de animais ou penas de pássaros exóticos e selvagens, além de um atentado a natureza, tem o mero propósito de ornamentação afinal, para quê usar um casaco de pele de raposa ou um chapéu com plumas de pavão se a tecnologia dos dias atuais permitem a fabricação idêntica sintética e muito mais barata? 
        Os desfiles para Outono Inverno 2015 , no entanto, exibem em grande maioria casacos, saias, vestidos e calçados do gênero.
        Na antiguidade, a partir do ano 1800 (1ª foto abaixo), quanto mais plumas e mais alto o chapéu, mais caro e consequentemente, mais bem afortunada era a pessoa quem o vestisse; garantindo status. 
              Já nos anos 1920’s, as conhecidas melindrosas, mulheres que se acabavam na noite se divertindo e dançando horrores com ritmo contagiante regado a muito álcool, também faziam uso de muitas plumas seja como adorno nos adereços de cabeça ou em torno dos ombros numa charmosa estola fofinha.
        Enquanto que nos 1970’s a febre das plumas/penas (1ª foto abaixo,Cher) reinava com o frenesi da música pop nas boates, a partir dos anos 2000’s, com os desfiles da Victoria Secret ganhando força, a presença de inúmeras penas das mais macias às mais rígidas, surgiam aos montes em alusão à asas de anjos à mulheres amazonas que mais parecem pegar emprestado o poder da ave e incorporá-lo na passarela.
O fato é que a presença de penas ou plumas no vestuário nos remete facilmente a vestidos de festa, não?
 Mas o que venho vendo de uns tempos para cá, é a presença constante e muito descontraída de sua inclusão no cenário urbano. Ou seja, roupas que possuem penas e plumas mas que casam muito bem tanto para o dia quanto para a noite.
Seu uso ainda ultrapassa as roupas e vai parar na maquiagem.
Sempre divertida, moderna e elegante, as penas & plumas se tornam um adorno atemporal.
Curiosidade: Acessórios VIVOS– As madames da Roma antiga eram comumente vistas com um cãozinho maltês espiando atrás da manga. Isso mesmo, o animal ficava escondido, quase totalmente oculto nos mais variados lugares, desde que estivesse junto ao dono. A função dos animais, que ia além do tradicional cachorro e passava a um macaco até arminho, no entanto, era sempre mais que decorativa, pois eles aqueciam os pés nas noites frias ou durante viagens e eram como ímãs para as pulgas do proprietário!
Nos anos 70 em discotecas era comum ver dentro do salto alto de acrílico das mais ousadas, um peixinho dourado nadando.
Fonte de pesquisa:  Livro –Última moda- Uma história ilustrada do belo e do bizarro- PubliFolha
Dúvidas e sugestões comentem aqui ou me enviem via e-mail:  jessicavqueiroga@outlook.com
Grata pela visita!

Última