26 maio 2018

Se conheça

Não tente provar nada para ninguém, prove a si mesmo!

Por muitas vezes me deparei querendo parecer forte, ser melhor, estar melhor que o outro.

Mas quem é o outro para merecer tal escolha minha?

Nem sempre você sair, beber, causar, vai resolver o seu problema, as vezes só vai piorar, pois quando voltar pra casa o sentimento vai voltar e haja dinheiro para conseguir “ser feliz” sempre.

Há tempos onde seu Eu interior pede folga, pede arrego, pede carinho, mas não é carinho vindo de outrem, e sim de si próprio.

Carinho do amor próprio, do autoconhecimento, da paz interior.

Quando você consegue ouvir seu corpo, sua mente, tudo se torna mais fácil e fica mais leve.

Cada um é responsável pela expectativa que cria, cada um cria a própria paranóia, pena que nem todos sabem lidar com esses bichinhos quando crescem, não é mesmo?

O pior de tudo, é que depois que eles crescem, a dificuldade de “educa-los” fica cada vez maior, e o pior, se torna perigoso.

Quando se segue a maré, o perigo de se afogar é maior.

Dê um tempo para você, se for necessário, se distancie das pessoas, dos roles, de tudo.

Se conhecer é o melhor presente que você pode se dar, acredite!

 

 

15 jun 2017

Diga!

14517548_10210266358672592_7262940245598858816_nSempre diga o que vc pensa e sente para as pessoas, o que elas fazem da informação é problema delas.

O que importa é você fazer o que o seu coração quer.

Hoje em dia tudo se resume em joguinhos de quem sente menos, mas na verdade todos sentimos e sentimos muito.

A pessoa pode não merecer aquele sentimento ou aquela preocupação, mas acredite que as vezes as palavras sinceras de carinho podem fazer ela repensar como ela esta agindo com ela e com terceiros .

Sentimento existe, porém hoje não é mais dito.

Algo lindo que está perdendo o encanto a cada dia que passa, algo maravilhoso sendo deixado de viver.

Todos assistem a filmes românticos, sonham com o amor perfeito, falam sobre como é difícil encontrar alguém que sinta alguma coisa, que rompa barreiras, porém quando encontram desistem com facilidade ou até fingem não sentir.

Se privar de sentir algo é triste demais, gostoso é sentir o coração na boca, sentir o perfume da pessoa mesmo ela não estando por perto, lembrar dos momentos e sorrir na rua, saber que sente algo é lindo.

A reciprocidade pode não existir, mas pelo menos você fez a sua parte.

Aprendi que, pessoas são matemáticas, elas só dão o que tem, se elas tem carinho elas dão carinho, se elas tem amor elas darão amor, mas quando a pessoa não tem ela provavelmente não conseguirá dar.

Quando se tem ódio, dará ódio, então vamos dar amor às pessoas, mesmo que elas não estejam merecendo, pois assim, um dia ela irá conseguir transmitir isso.

Lembre sempre que, quem sofre mais com tudo é quem machuca e não quem é machucado.

Ficar triste faz parte, para o crescimento e o aprendizado, nunca deixe de demonstrar o que sente, talvez assim seu grande amor apareça, ou talvez a pessoa que esteve ao seu lado sempre se lembre do quão especial você é!

Acredite, sinta e viva, um dia verá que valeu a pena.

21 jun 2016

Pensamentos: Esquisita ou feliz? Os dois…

13418904_10209319630324975_4932586265025783955_nNunca fui uma pessoa muito normal, muito pelo contrário.

Sabe aquela menina que era sempre excluída na escola por ser “diferente”?! Sim, essa era eu!

E com isso eu sempre acabava fazendo amizade com os meninos, pois eles não ligavam se eu ia de batom preto ou de cabelo (a la Cindy Lauper) assistir as aulas, eles até se divertiam.

Mulheres que tem muita amizade com homens acaba sabendo mais do mundinho deles, e eu aprendi até demais sobre esse mundo.

Não foi com livros de auto ajuda que soube como os homens pensam e sim, escutando comentários as vezes desnecessários na rodinha de amigos.

Já fui de Hippie a patricinha, na verdade sou o tipo de pessoa que se veste dependendo da lua, sabe?

Do lixo ao luxo, depende muito do meu bom humor e não dos lugares que eu vou.

Cresci e cá estou.

Sei que continuo não sendo uma pessoa normal, e sei também que estou muito longe de ser.

Hoje assistindo a alguns programas na TV cheguei a conclusão que as pessoas se comportam de maneira diferente quando querem conquistar um Boy, ou quando ficam solteiras mudam o jeito de ser.

Logo, fiquei matutando aqui na minha humilde cabecinha oca. Por que quando eu fico solteira eu dou mais a louca ainda? Não era para ser diferente?

E cheguei a conclusão que NÃO, não tem que ser diferente.

Se alguém gostar de mim, vai gostar exatamente do jeito que eu sou! Bebendo minha cerveja, descabelando de dançar, usando batom azul/ verde/ preto/ roxo/ rosa/ vermelho e quais cores eu quiser, usando meu tênis de cachorro, com roupas de boneca, shorts jeans e tênis e até pijamas.

Certa vez, meu amigo me disse que eu não me encaixo neste mundo e que eu deveria ter orgulho disso.

E, sabe? Cheguei a conclusão que se eu me comportar (como manda o figurino) não serei eu, e se eu conhecer uma pessoa fingindo ser uma personagem fofa e comportada?

Teria que ser essa pessoa, pois foi isso que eu mostrei.

Então, continuarei sendo a louca do rolê, que bebe todas e se mata de rir e dançar ao mesmo tempo, vou continuar sendo aquela menina esquisita que todos tem medo de chegar perto e conversar.

Não existe nada pior do que uma pessoa ao seu lado que não curte o seu estilo, ou seu jeito de ser. Então, se for pra ser vai ter que ser real, vai ter que ser mágico.

E eu não estou querendo conquistar ninguém, só estou querendo expressar meus sentimentos que sempre ficam guardados dentro de mim, ou em posts (rascunhos) aqui no Blog. Tem coisa que até hoje não consigo publicar pois me acho um pouco doidinha e com pensamentos divergentes demais ou até mesmo, coragem demais para dizer o que ninguém diz.

Sou estranha, sim!

Mas tenho um bom coração. Posso não me misturar facilmente por conta da minha timidez e com isso perco de conhecer pessoas bacanas.

Porém acredito no destino, nas energias e na magia.

Esse post foi mais um desabafo, porém alguém pode se identificar.

Muito obrigada pela visita!

Até mais <3