04 maio 2015

Sobe e Desce- Entre minis e saias longas

Não é novidade que a moda é cíclica , isto é, algo que foi tendência há dez anos atrás ou mais, retorna para nós com um ar mais fresco e atual, porém na prática, volta com uma mesma concepção. 

6a00e5506da9978833014e8bc3afd3970d

Releitura óculos anos 60- 2012

courreges-eyewear-1

André Courreges Óculos 1960

Esse é o caso da mini saia. Ela alcançou seu mais recente estopim no inicio dos anos 2000, com uma pegada pop à lá Britney Spears e cia, para depois ir morrendo aos poucos e cair na linha do vulgar e dependendo de sua aparência, brega.

britmarkl2000                    britcr2001                    normal_228

Maaas, como a Dona Moda é do tipo temperamental e se reinventa constantemente, pois o lema é sempre o de reciclagem de estilos passados, aqui está ela ousando reinar absoluta; a mini saia, originalmente segundo arquivos históricos, criada pela estilista Mery Quant em 1964 , quando cansada de não encontrar a saia perfeita para si, pois o que lhe era vendido eram peças que somente sua mãe- leia-se, mulheres caretas,quadradas,chatas de galocha,- ousariam vestir, Mary Quant resolveu se aventurar e criar sua própria peça dos sonhos, alcançando em pouquíssimo tempo, inúmeras seguidoras. (foto do meio: a estilista Mery Quant! 1ª Imagem, protesto pró mini saia)

mini protesto                     mary-quant-mini-skirt-medal                 tumblr_mqclqdoqem1s204mqo1_400

Não obstante, a peça virou ícone de uma geração de jovens garotas que exigiam por uma década mais libertadora seja no sentido literal, pois a peça permitia maior movimento às garotas espevitadas dos anos 60/70, ao olhar libertador sociológico, aonde se ansiava direitos iguais e que o corpo e sexo não fosse mais tratado como uma espécie de tabu retrógrado que reprimiam os jovens. 

{E012DA68-537C-4818-BC00-B697DCBF029B}

Ela virou uma febre até que o BUUM! Do movimento Hippie tomasse conta e ela passasse a ganhar tantos e tantos centímetros que de mini, passou a ser longa, assim, num piscar de olhos. Realmente, moda é sujeita ao comportamento operante, se um grupo de indivíduos adota um modo de vestir e outro grupo se identifica com ele e recorre a ele corriqueiramente, a febre da moda logo se instala até que em inúmeros locais do globo ela seja adotada e se torne de fato, quando contagiando as páginas das grandes magazines e passarelas, uma cólera fashion e, portanto, uma grande tendência. O que diferencia uma tendência da outra é que ela pode realmente pegar..Ou não. Exemplos? Listras, estampa de onça e bolinhas, quando é que esse trio saiu de moda? NUNCA! De temporada em temporada, estão sempre aí, firmes e fortes, repaginados ou não. Até terem se tornados clássicos decretados da moda.

Contraste- De mini saia para a chamada na época "Maxi saia"

Contraste- De mini saia para a chamada na época “Maxi saia”

548195ab7b6e8419f023eade63307787

Mas o que temos segundo o SPFW 2015 para o inverno e verão, é um mood total anos 60, com minis,minis e mais minis saias de um jeitinho beem retrô para alguns designers e para outros, moderno.

metalizados-tendências-verão-2015-spfw-14

Corte reto e visual metalizado

PatBo - SPFW- Verao 2016

Cumprimento mini e muuuitas aplicações

desfile-reinaldo-lourenco-spfw-verao2015-26

Extra color com casaco que serve de vestido, mini, claro.

lilly-sarti-spfw-inverno2015

Quase uma boneca na modelagem, se não fossem os tons sérios

Observem que para não cair na vulgaridade de “Ops! Consigo ver seu traseiro daqui!”, são modelos soltos ao corpo, nada justo, grudado ou o temido “embalado à vácuo” que muitas sainhas proporcionam. Normalmente, as minis dessa estação são acompanhadas de uma silhueta em A, que não evidencia as curvas mas também não desvaloriza o corpo ao dar vazão às pernas numa ilusão de alongamento e um quê de elegância retrô.

As cores variam muito do colorido alegre da estação a tons fechados e com pegada urbana.

20 abr 2015

Um dia no SPFW

Queridos leitores, hoje trago para vocês um pouco da minha belíssima experiencia de prestigiar o evento fashion de maior importância na America Latina , o SPFW, que aconteceu essa semana em São Paulo. A primeira edição aconteceu no ano de 1995, uma grande ideia do empresario e estilista brasileiro Paulo Borges, dono do grupo Luminosidade , onde reuniu varias marcas conceituadas do mundo da moda como a CHANEL, olhem so:

Simplesmente apaixonante,como consegui chegar la afinal? Bom,estou estagiando em uma loja de tecidos em Sorocaba que se chama Emporio dos Tecidos, e minha patroa é uma pessoa de ótimo bom gosto, ela faz a compra dos tecidos da loja e ama o mundo das tendências, com a necessidade ótima de estar sempre antenada, ela costuma ir todo ano no SPFW, e esse ano de evolução tive a sorte de ser convidada a fazer companhia a ela no maravilhooooso evento <3 !!
Fiquei o dia todo ansiosa, separei o look com uma capa que fiz um dia antes na aula de costura da faculdade, meia calca preta, oxford preto, um chapéu da loja Pistache que já postei aqui sz e a bolsa relíquia de couro que era da minha vo Cida (costureira e diretora de uma escola). Acabei dando uma entrevista e saindo da page da Lilian Pacce, jornalista e critica da moda.

Quando estávamos quase chegando tirei essa foto aqui com um gelo na barriga haha

Foi minha primeira vez em um evento tao grande e com mega importância fashion, me encantei com tanta personalidade e formas diferente de expressão.

Varias coisas me chamaram muuito a atenção, os looks, a imprensa, a fama, o sistema, o comportamento humano.Uma das maravilhas foi ter encontrado no banheiro haha a blogueira Mada com seu brinco fantástico de globo terrestre!
E outras coisas atraíram meu olhar:
O piano YAMAHA, tendo um namorado musico você aprende a ver o mundo de um jeito diferente, sonoro e lindo
Um Rabeco (baixo acústico), e outros instrumentos sz
As tendencias circense e modo de posicionar os manequins
Uma exposição incrível de fotos dos grandes estilistas
Alem de varias personalidades
Cabeleireiro Celso Kamura
Emicida
e a linda sereia Marimoon
E outros como Ronaldo Fraga e a Rainha Constanza Pascolato, que infelizmente nao consegui fotos.
Assistimos dois desfiles, Vitorino Campos, onde vimos muita tendencia com geometria, cor pastel e o clássico preto e branco, e por fim o desfile do João Pimenta, desfile focando as transparências, formas, muito zíper, total black e autenticidade nos cabelos.
Era o dia do ultimo desfile da Gisele, mas infelizmente não tinha mais espaço para ver o desfile da Colcci, porem já fiquei satisfeita e encantada com tudo isso.
 Volto mais vezes nos próximos SPFW com mais novidades para vocês, um grande Abraco e otimo feriado 😀
                                                                                                              Lais Rodrigues

Última